quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Encantando o cliente - por que para alguns é tão difícil?

Há vinte anos sofro pelos mesmos problemas! Só mudam as pessoas que deixam de fazer as coisas que espero que elas façam!

Serei eu a culpada? Ou sempre sofrerei pensando que alguém vá um dia pensar como eu?

O que para um é óbvio, para o outro passa despercebido. Principalmente quando se fala em cuidar do cliente. Insisto em tratar o cliente com primor, com carinho, atenção e mimos. Encantar cliente é tudo para mim, e é muitas vezes a razão dessa minha existência passageira. Se tem um propósito em minha vida, é encantar os clientes. Todos eles, na medida do possível, e não são poucos.

O encanto está nas pequenas coisas, naquela que o cliente não espera, e não naquilo que todos fazem. Uma lembrança, um detalhe, um gesto ínfimo pode fazer a diferença. Além da obrigação da prestação do serviço. O algo a mais.

Mas me deparo, como disse acima, no problema de que nem todos conseguem pensar e agir de forma a encantar o cliente. Limitam-se a fazer o básico, o que é regra, ou nem mesmo o que é regra! Limitam-se ao mínimo possível para uma convivência e manutenção de serviços. Não enxergam além.

Que eu possa, meu Deus, me fazer entender para aqueles que foram contratados para serem meu braço direito. Que possam sentir o que eu sinto e pensar com eu penso na hora de prestar um serviço. Que tenham a excelência como meta! É pedir muito? Há muitos anos me parece que sim! Mas não hei de desistir!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Deixe aqui o seu comentário.