domingo, 28 de novembro de 2010

STAND BY ME

video

Não importa quem você é, o que você faz, quantos anos você tem, quais suas preferências literárias, sexuais, religiosas, nem suas convicções, mas uma coisa é certa, uma música é capaz de te unir a milhares de pessoas e te fazer parte de um todo! Afinal, somos TODOS IGUAIS!

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Fernando Pessoa - sempre atual!

Fernando Pessoa
Fernando Pessoa, o mestre das palavras, nascido em Lisboa em 1888, onde também se foi em 1935.

Nada como ler alguns trechos de seus poemas e reflexões para enxergar sua sensibilidade e talento! Um sábio, já naquele tempo, com assuntos sempre tão atuais! Incrível!

"Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.
Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?
Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu....
Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.
Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora...
Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração... e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.
Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.
Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.
Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal".
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!
Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.
Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és..
E lembra-te:
Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão."


"Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!"



FACUNDO CABRAL - REFLEXÃO

Querida Tata, esse vai para você! Beijos da prima Silene

Facundo Cabral

Não estás deprimido, estás distraído
…Distraído em relação à vida que te preenche,
Distraído em relação à vida que te rodeia, Golfinhos, bosques, mares, montanhas, rios.

Não caias como caiu teu irmão que sofre por um único ser humano, quando existem cinco mil e seiscentos milhões no mundo. Além de tudo, não é assim tão ruim viver só. Eu fico bem, decidindo a cada instante o que desejo fazer, e graças à solidão conheço-me… o que é fundamental para viver.


Não faças o que fez teu pai, que se sente velho porque tem setenta anos, e esquece que Moisés comandou o Êxodo aos oitenta e Rubinstein interpretava Chopin com uma maestria sem igual aos noventa, para citar apenas dois casos conhecidos.
Não estás deprimido, estás distraído.
Por isso acreditas que perdeste algo, o que é impossível, porque tudo te foi dado. Não fizeste um só cabelo de tua cabeça, portanto não és dono de coisa alguma.
Além disso, a vida não te tira coisas: te liberta de coisas… alivia-te para que possas voar mais alto, para que alcances a plenitude. Do útero ao túmulo, vivemos numa escola; por isso, o que chamas de problemas são apenas lições. Não perdeste coisa alguma: Aquele que morre apenas está adiantado em relação a nós, porque todos vamos na mesma direção. E não esqueças, que o melhor dele, o amor, continua vivo em teu coração


Não existe a morte... Apenas a mudança. E do outro lado te esperam pessoas maravilhosas: Gandhi, o Arcanjo Miguel, Whitman, Santo Agostinho, Madre Teresa, teu avô e minha mãe, que acreditava que a pobreza está mais próxima do amor, porque o dinheiro nos distrai com coisas demais, e nos machuca, porque nos torna desconfiados.


Faz apenas o que amas e serás feliz. Aquele que faz o que ama, está benditamente condenado ao sucesso, que chegará quando for a hora, porque o que deve ser será, e chegará de forma natural. Não faças coisa alguma por obrigação ou por compromisso, apenas por amor. Então terás plenitude, e nessa plenitude tudo é possível sem esforço, porque és movido pela força natural da vida, a mesma que me ergueu quando caiu o avião que levava minha mulher e minha filha; a mesma que me manteve vivo quando os médicos me deram três ou quatro meses de vida


Deus te tornou responsável por um ser humano, que és tu. Deves trazer felicidade e liberdade para ti mesmo. E só então poderás compartilhar a vida verdadeira com todos os outros.
Lembra-te : "Amarás ao próximo como a ti mesmo". Reconcilia-te contigo, coloca-te frente ao espelho e pensa que esta criatura que vês, é uma obra de Deus, e decide neste exato momento ser feliz, porque a felicidade é uma aquisição.


Aliás, a felicidade não é um direito, mas um dever; porque se não fores feliz, estarás levando amargura para todos os teus vizinhos.
Um único homem que não possuiu talento ou valor para viver, mandou matar seis milhões de judeus, seus irmãos.


Existem tantas coisas para experimentar, e a nossa passagem pela terra é tão curta, que sofrer é uma perda de tempo. Podemos experimentar a neve no inverno e as flores na primavera, o chocolate de Perusa, a baguette francesa, os tacos mexicanos, o vinho chileno, os mares e os rios, o futebol dos brasileiros, As Mil e Uma Noites, a Divina Comédia, Quixote, Pedro Páramo, os boleros de Manzanero e as poesias de Whitman; a música de Mahler, Mozart, Chopin, Beethoven; as pinturas de Caravaggio, Rembrandt, Velázquez, Picasso e Tamayo, entre tantas maravilhas.


E se estás com câncer ou AIDS, podem acontecer duas coisas, e ambas são positivas: se a doença ganha, te liberta do corpo que é cheio de processos (tenho fome, tenho frio, tenho sono, tenho vontades, tenho razão, tenho dúvidas)... Se tu vences, serás mais humilde, mais agradecido... portanto, facilmente feliz, livre do enorme peso da culpa, da responsabilidade e da vaidade, disposto a viver cada instante profundamente, como deve ser.


Não estás deprimido, estás desocupado.
Ajuda a criança que precisa de ti, essa criança que será sócia do teu filho. Ajuda os velhos e os jovens te ajudarão quando for tua vez.
Aliás, o serviço prestado é uma forma segura de ser feliz, como é gostar da natureza e cuidar dela para aqueles que virão.
Dá sem medida, e receberás sem medida.
Ama até que te tornes o ser amado; mais ainda converte-te no próprio Amor. E não te deixes enganar por alguns homicidas e suicidas.


O bem é maioria, mas não se percebe porque é silencioso. Uma bomba faz mais barulho que uma caricia, porém, para cada bomba que destrói há milhões de carícias que alimentam a vida. Vale a pena, não é mesmo?.


Se Deus possuisse uma geladeira, teria a tua foto pregada nela. Se ele possuisse uma carteira, tua foto estaria nela. Ele te envia flores a cada pimavera. Ele te envia um amanhecer a cada manhã. Cada vez que desejas falar, Ele te escuta. Ele poderia viver em qualquer ponto do Universo, mas escolheu o teu coração. Encara, amigo, Ele está louco por ti!


Deus não te prometeu dias sem dor, riso sem tristeza, sol sem chuva, porém Ele prometeu força para cada dia, consolo para as lágrimas, e luz para o caminho.


“Quando a vida te trouxer mil razões para chorar, mostra que tens mil e uma razões para sorrir”

domingo, 14 de novembro de 2010

É preciso saber viver - fazer escolhas e colher frutos.

O tempo vai nos levando mas nem sempre sabemos para onde. Há que se conscientizar que cada fato em nossa vida é fruto de nossas escolhas!
A cada momento pode-se escolher entre opostos numa mema situação.
Avalie, coloque na balança, imagine-se na situação em voga. Perceba qual caminho vai trazer uma sensação de bem estar, de liberdade. E tenha certeza de que a sua escolha  não vai interferir negativamente na vida de outras pessoas. E que, principalmente, a sua escolha VAI lhe trazer COISAS BOAS sob o seu ponto de vista, mesmo que não sejam boas para outras pessoas, afinal o outro também poderá escolher. Parece contraditório, mas não é! São situações diferentes.
Escolher o que não é bom para você mas com ceteza será bom para o outro é um desrespeito para consigo mesmo. A não ser que tenha vocação para Madre Tereza ou Chico Xavier. Você é um Santo!
Escolher o que é bom para você e consequentemente fará mal ao outro, sem que o outro tenha a opção de realizar escolhas, é egoísmo. Lembre-se que existe um mundo à sua volta.
Escolher o que é o melhor para você e que talvez não sejo o melhor para o outro, mas o outro tem direito a escolhas sobre sua prórpia vida para também buscar o melhor, isso sim, é o caminho certo a seguir.
Tudo é uma questão de INVASÃO ou não. Pense que o pior dos defeitos é invadir a privacidade alheia. Se você descobrir que através de suas escolhas pode fazer-se feliz sem invadir o vida do outro, ou seja, contando exclusivamente com você mesmo, então, estará fazendo a coisa certa! Mesmo que para qualquer outra pessoa não pareça a coisa certa... E sempre haverá gente de plantão para julgar e criticar. Sempre.

É preciso saber viver! Para viver sabendo ser feliz!

sábado, 13 de novembro de 2010

De repente é Natal de novo!

A agenda lota. Confraternização aqui, convenção ali. Balanço pessoal, profissional, emocional.
Este é o sinal de que o Natal já está chegando novamente, e com ele toda correria de um término de ano. Na verdade o Ano Novo não passa de mais uma data no calendário. Uma convenção de término e recomeço.
A proximidade do fim de um ano alimenta um corre-corre sem sentido e sem fim atrás de nem se sabe o que. Um sentimento de que "falta tempo" para fazer "aquilo" que eu queria ter feito e não fiz. E uma ansiedade para "começar sem falta" no "ano novo" algo que sempre será empurrado para frente, entra ano, sai ano.
Vamos cortar esse paradigma? Vamos fazer já o que achamos que devemos fazer um dia? Vamos usar o bom humor para mais uma vez encarar as datas comemorativas e suas reuniões, muitas vezes cheias de falsidade, já que metade das pessoas presentes não gostariam de estar ali naquela noite e naquele horário? A noite de Natal: o que menos se lembra é do verdadeiro sentido de COMEMORAR O AMOR DE CRISTO. Lembra-se sim de presentes, comidas, aquele visual incrementado. Vaidades e mais vaidades.

Para descontrair, segue um vídeo da "Christmas Tree" da Lady Gaga. Ela mesma!! Divertido.

sábado, 6 de novembro de 2010

Filmes, muitos filmes

São muitos meus filmes preferidos, muito mais do que o tempo que tenho de postar sobre eles!

Filmes que tocam o coração e fazem pensar, este é o estilo de filmes que gosto!


Veja alguns deles na página http://sileneladobe.blogspot.com/p/diversao-e-arte.html  com os respectivos trailers.

Até!